MENU

Conheça a nova forma de se fazer SEO

Você já assistiu Jogos Vorazes? Um bando de crianças lutando por suas vidas em um ambiente em constante mudança. Ou você se adapta ao que está acontecendo atualmente ou você morre.

Comparar o meio da publicidade com Jogos Vorazes pode ser um exagero. Mas, o fato de que a nossa indústria está se desenvolvendo como louca permanece uma verdade. As tecnologias lançadas nos últimos anos já estão afetando fortemente o mercado.  Empresas oferecendo inovações surgem em um ritmo cada vez mais rápido, rompendo com o mundo da publicidade como nós o conhecemos.

Ainda temos alguns meses até o final de 2018. Use este tempo para examinar e repensar sua estratégia de marketing para o próximo ano. Conheça a as sete tendências mais poderosas da área.

Autenticidade vence. Sempre.

Os consumidores desconfiam cada vez mais do marketing e propaganda, não só a autenticidade, mas, até mesmo, a honestidade tem se tornando algo crítico para as marcas.

A grande maioria dos consumidores (86%) afirma que a autenticidade é um fator importante na decisão de qual marca apoiar. (Stackla Report). Este número é ainda maior entre os millennials. Desde que as pessoas começaram a confiar mais em humanos do que em marcas, o marketing de influência tem sido e continuará sendo uma tendência. Nós podemos estar cegos quando o assunto são anúncios, mas um conteúdo autêntico criado voluntariamente por clientes fidelizados chama a nossa atenção facilmente.

Um dos principais exemplos de como usar o UGC (User Generated Content), ou, em português, conteúdo gerado por usuários, é o da GoPro. São mais de 5000 vídeos postados por dias com a hashtag #GoPro – que vão desde  saltos em queda livre e saltos de paraquedas na vertical até vídeos da natureza selvagem e de iniciativas preocupadas com o meio-ambiente. Como eles conseguiram criar tamanho engajamento? Enquanto os concorrentes deles falam apenas de lentes à prova d’água e níveis de megapixel, a GoPro promove a paixão, inspira e cria admiração. Através de conteúdos confiáveis e engajados gerados por usuários, usado em vários dos seus canais de marketing, eles conquistaram os corações dos consumidores (e carteiras).

Se esforce para motivar seus clientes a compartilhar suas experiências com sua marca. Isso definitivamente valerá a pena, já que é três vezes mais provável que os consumidores digam que um conteúdo criado por um consumidor é autêntico, se comparado ao conteúdo criado por uma marca.

O sistema de busca por voz está em crescimento

Cerca de um terço dos 3.5 bilhões de buscas realizadas pelo Google todo o dia são buscas por voz, com assistentes pessoais guiando o caminho (TheeDesign, 2017). Mais e mais pessoas usam a Alexa da Amazon, a Siri da Apple e o Assistente do Google todos os dias. Como a capacidade deles de reconhecer a fala humana melhorou significativamente, os assistentes pessoais podem ser incrivelmente úteis tanto na pesquisa de informações na internet como para fazer coisas pela casa.

O que a mudança para pesquisa por voz significa para os profissionais de marketing? Principalmente, muito trabalho. A pesquisa por voz difere da busca típica no computador ou em dispositivos móveis. Quando você abre o Google no seu browser e digita no campo de pesquisa, você verá centenas de resultados de páginas. Não é tão difícil assim ser um deles. Mas, quando você faz uma pergunta para a Siri, ela te dará somente alguns resultados. Muitas vezes, somente um. Se o seu site estiver entre um deles, o CTR,  taxa de clique, pode ser muito alto. Mas, em primeiro lugar, ele precisa aparecer nessa busca. Sendo assim, personalizar as suas estratégias de SEO para busca por voz é crucial.

É esperado que a tecnologia de reconhecimento de voz cresça e melhore cada vez mais. Ela causará uma ruptura significante no mundo do marketing. Nós sempre focamos em SEO e na otimização de UX e UI, mas quando não há tela estes aspectos se tornam irrelevantes. Como o seu negócio se adaptará a estas mudanças? Por enquanto, não temos respostas para esta questão.

A ComScore estima que, até 2020, metade de todas as buscas serão feitas por voz. Entender as características da pesquisa por voz e implementá-las nas suas estratégias de SEO definitivamente valerá a pena.

Inteligência artificial oferece o que os humanos não podem

Inteligência artificial é o tópico do momento no marketing. Apesar de muitos ainda não compreenderem suas capacidades e limitações, a tecnologia está tomando forma.

A forma mais ampla de inteligência artificial implementada são os chatbots, que ajudam as marcas a melhorarem o atendimento ao consumidor, sem  uma alta elevação dos custos. Chatbots são mais rápidos do que os humanos para dar qualquer resposta relacionada a dados e em atender pedidos. Eles têm humor, personalidade e oferecem um serviço personalizado para qualquer cliente, a qualquer hora. Os chatbots podem ser integrados a um site, um aplicativo e até mesmo a uma plataforma de redes sociais. Eles também reúnem informações que, mais tarde, podem ser usadas para criar  melhores estratégias de marketing, customizadas.

Um ótimo exemplo do uso de chatbot é o WeChat, plataforma de mensagens por celular dominante na China, com mais de um bilhão de usuários ativos mensalmente (Statista). Além do seu objetivo principal, que é enviar mensagens privadas, o WeChat permite que você lide com várias atividade relacionadas à compras, tais como: pegar um táxi, customizar e comprar um par de Nikes, agendar uma consulta ou pagar as suas contas.

Dito isso, a tendência dos chatbots são sairá sem deixar a sua marca na indústria do Marketing Digital nos próximos anos, na medida em que a inteligência artificial for se desenvolvendo.

A Inteligência artificial também está em crescimento na área de automatizadores de compras de espaços de anúncios na internet. Ela pode ajudar os profissionais de marketing a comprarem anúncios mais eficientes e a focar em um público mais específico. Isto tudo é feito para aumentar as chances de sucesso das campanhas de marketing e reduzir os custos de aquisição de clientes. A tecnologia da inteligência artificial dá aos profissionais de marketing um chance de, finalmente, serem capazes de cumprir a promessa de “usuário correto, mensagem correta, tempo correto, lugar correto.” Não somente antecipar o que pode causar engajamento em um anúncio, mas também ser capaz de passar rapidamente uma oportunidade de oferta em seu sistema de compra de mídias.

Micro-momentos estão tomando conta da jornada do consumidor

Os consumidores de hoje  são bombardeados por conteúdos, anúncios, ofertas, e-mails, notificações no celular e tudo mais, o tempo inteiro. Nós chegamos em um ponto em que não conseguimos processar uma quantidade maior de informação. Os consumidores americanos passam 3 horas e 35 minutos por dia em seus smartphones (eMarketer), as marcas e os profissionais de marketing enfrentam muitas dificuldades para conseguir atrair a atenção de seus públicos. É aí que os micro-momentos entram no marketing.

O micro-momento é um novo tipo de comportamento do consumidor, onde ele se volta, por reflexo, para um aparelho, normalmente o smartphone. Ele faz isso para atender a uma necessidade de aprender, fazer ou comprar alguma coisa. Existem vários tipos diferentes de micro-momentos, como: “eu quero saber”, “eu quero ir”, “eu quero fazer” ou “eu quero comprar”. De acordo com a equipe de marketing de conteúdo do Google, Think with Google, os usuários vivenciam micro-momentos cerca de 150 vezes por dia.  Por que micro-momentos são tão importantes? Porque, em geral, as pessoas decidem em instantes o que vão comprar, onde irão, em qual restaurante comer, o que te dá poucos segundos para conseguir atrair a atenção delas. Micro-momentos funcionam porque eles fornecem ao consumidor a informação correta exatamente quando ele precisa dela.

Ultimamente, toda a jornada de tomada de decisão do consumidor é uma combinação destes micro-momentos, através de vários canais e dispositivos. As marcas bem-sucedidas do amanhã serão aquelas que atenderão as necessidades dos seus consumidores em seus micro-momentos.

Realidade aumentada e realidade virtual – não há apenas uma realidade mais

Os usuários de hoje em dia querem basicamente duas coisas – estarem engajados e ativos na mensagem da marca. A realidade virtual e a realidade aumentada conseguem suprir estas duas necessidades, oferecendo grandes oportunidades na área de experiência do consumidor.

As empresas já estão abraçando o poder desta nova tecnologia, ao criarem conscientização da marca e também ao venderem seus produtos individualmente. A IKEA, por exemplo, tem utilizado a tecnologia do jogo de realidade virtual desde 2016. Em seu aplicativo de compras, com a experiência IKEA de realidade virtual, seus clientes podem experimentar os produtos da loja antes de comprá-los. Marcas como a Nivea, Starbucks e Volkswagen também tem testado esse tipo de tecnologia, usando a realidade aumentada.

A realidade virtual e aumentada estão sendo cada vez mais utilizadas como uma ferramenta de marketing para as marcas. As duas devem valer cerca de 27 bilhões de dólares. É esperado que, em apenas quatro anos, elas chegarão ao valor de 209.2 bilhões de dólares (Statista). O marketing nessas áreas ainda está se desenvolvendo, então é uma ótima hora para explorar suas opções e sair na frente.

As redes sociais tomaram o controle

Existem 3.196 bilhões de usuários de redes sociais no mundo, o que equivale a 42% do alcance de mercado (We are Social). Com números como estes, a significância destas redes não pode ser ignorada – especialmente no mundo do marketing.

Como as redes sociais se tornaram parte do dia a dia de praticamente todo mundo, compreender as mudanças implementadas por elas é essencial para os negócios e isso muda muita coisa. As tendências na redes sociais agora são os vídeos, automatização, e influencers, mas tem muito mais.

O que você deve lembrar acima de tudo é que dominar apenas uma plataforma não é mais o suficiente. Seus leads no Facebook não estão no Youtube, aqueles que estão no Youtube são diferentes dos que leem o conteúdo do seu site. A chave para o sucesso é criar  e pensar o seu conteúdo para diversas plataformas. As redes sociais têm um grande impacto, se você não pensou muito sobre estratégias de marketing para elas, agora é a hora.

A pesquisa por meio de imagens pode ser maior do que você imagina

O desenvolvimento da tecnologia tem levado a pesquisa online a outros níveis e não é somente a busca por voz que está crescendo. Enquanto muitos têm focado no potencial de marketing em capturar as consultas por voz feitas através das assistentes pessoais, grandes marcas como o Google, o Pinterest e a Microsoft estão focando em desenvolver recursos melhores em um SEO Interativo: a busca por meio de imagens ou pesquisa visual.

Como uma pesquisa visual funciona? Quando o Google apresentou sua primeiras lentes, no ano passado, elas foram descritas como um pesquisa ao contrário. Ao invés de digitar um texto e conseguir imagens como resultados, você pode apontar a câmera do seu celular para um objeto e descobrir informações em texto.

A pesquisa visual identificaria os objetos dentro da foto e então procuraria por imagens relacionadas a estes objetos. Por exemplo, baseado na imagem de uma cama, você seria capaz de usar a pesquisa visual para comprar um cama idêntica ou similar a ela.

Apesar do que descrevemos acima parecer incrível, a tecnologia em torno da pesquisa visual ainda é bem limitada. Isso acontece porque esse tipo de tecnologia precisa recriar o processamento de imagem da mente antes de criar aplicativos efetivos e viáveis de pesquisa visual. Não se trata somente de identificar uma imagem. A máquina precisa aprender a reconhecer a variedade de cores, formas, tamanhos e padrões do mesmo jeito que a mente humana o faz.

Como 93% dos consumidores consideram o visual como um fator chave em uma decisão de compra (Kissmetrics), os mecanismos de pesquisa por meio de imagem estão destinados a revolucionar a indústria do varejo.

Conclusão:

A área de publicidade continua crescendo, o que leva a mudanças, inevitavelmente.

Novas tendências de marketing surgem a cada ano. Algumas delas ficam para remodelar a indústria, outras desaparecem rapidamente. Certifique-se que você sabe como distingui-las. Pesquise e, quando for preciso, se adapte.

 

Informações para se lembrar

. Seja autêntico. Faça uso dos conteúdos gerados pelos usuários, é três vezes mais provável que as pessoas acreditem neles do que no conteúdo criado pela marca.

. Até 2020, metade das pesquisas serão feitas por voz. Certifique-se que você entende os aspectos da busca por meio de voz e implemente-as em suas estratégias de marketing,

. Toda a jornada de decisão do consumidor é baseada em uma combinação de micro-momentos, através de diversos os canais e dispositivos. Se você quer ser bem-sucedido no futuro, atenda as necessidades do seu consumidor nestes micro-momentos.

.  O marketing de realidade virtual e aumentada ainda está emergindo. Esse é um ótimo momento para explorá-lo e sair na frente.

. Se você não está nas redes sociais, você não existe.

. A tecnologia de pesquisa por imagem será capaz de fornecer novas oportunidades para as marcas se engajarem e interagirem com seus públicos-alvo de uma forma totalmente diferente.

Receba gratuitamente o Relatório de Auditoria SEO SemRush, a melhor plataforma do mundo.

Deixe seus dados abaixo:




CONTATO

Pensando em nos fazer uma visita? Você já é muito bem-vindo!
Vamos tomar um café e conversar mais sobre como podemos te ajudar.




Telefone: +55 (31) 3653 0833

Celular: +55 (31) 98448-8833

E-mail: atendimento@b8x.com.br

Rua Padre Eustáquio, 2912 – sala 409

Padre Eustáquio – CEP:30720-100

Belo Horizonte, MG